Agosto #2020

Agosto Rubem Fonseca Agosto Agosto de Um m s de crimes estarrecedores de atentados pol ticos de lutas infames pelo poder Um m s de paix es de gestos de desespero e de loucura Um m s de multid es vociferantes nas ruas Um

  • Title: Agosto
  • Author: Rubem Fonseca
  • ISBN: 9789580452515
  • Page: 186
  • Format: Paperback
  • Agosto Rubem Fonseca Agosto de 1954 Um m s de crimes estarrecedores, de atentados pol ticos, de lutas infames pelo poder Um m s de paix es, de gestos de desespero e de loucura.Um m s de multid es vociferantes nas ruas Um m s de tr gicas ilus es, encerrado pela inalterabilidade do cotidiano a vida continua.Em 1 de agosto de 1954, um empres rio assassinado no Rio de Janeiro Enquanto issAgosto de 1954 Um m s de crimes estarrecedores, de atentados pol ticos, de lutas infames pelo poder Um m s de paix es, de gestos de desespero e de loucura.Um m s de multid es vociferantes nas ruas Um m s de tr gicas ilus es, encerrado pela inalterabilidade do cotidiano a vida continua.Em 1 de agosto de 1954, um empres rio assassinado no Rio de Janeiro Enquanto isso, o chefe da guarda pessoal de Get lio Vargas planeja um atentado contra o jornalista Carlos Lacerda a crise pol tica gerada culminaria no suic dio de Vargas.Misturando realidade e fic o com maestria, Rubem Fonseca relembra um m s marcante para a hist ria do pa s.Ap s o extraordin rio sucesso de Vastas emo es e pensamentos imperfeitos, Rubem Fonseca nos trouxe Agosto, um romance feito de muitas hist rias pessoais, passionais, policiais, pol ticas, pat ticas, her icas, reais, fict cias.Mas, gra as ao imenso talento narrativo de seu autor, Agosto antes de tudo uma brilhante, ir nica e dram tica celebra o liter ria.
    Agosto Rubem Fonseca

    • [↠ Agosto || ☆ PDF Read by ✓ Rubem Fonseca]
      186 Rubem Fonseca
    • thumbnail Title: [↠ Agosto || ☆ PDF Read by ✓ Rubem Fonseca]
      Posted by:Rubem Fonseca
      Published :2020-04-25T21:33:34+00:00

    One thought on “Agosto”

    1. Rubem Fonseca n 1925 O brasileiro Rubem Fonseca 1925 o melhor escritor vivo de l ngua portuguesa Agosto editado em 1990 come a no dia 1 de Agosto em 1954, Rio de Janeiro Um empres rio assassinado, e na sede da Presid ncia Federal planeia se mais um crime O atendado falhado contra o jornalista Carlos Lacerda e uma s rie de mortes violentas conduzir o ao suic dio de Get lio Vargas, um dos grandes dramas da Hist ria do Brasil Um romance policial constru do e desenvolvido com factos hist ricos ocorr [...]

    2. Tendencialmente, o policial um g nero inferior, pelos seus lugares comuns, pela viol ncia gratuita e pela limita o de estilo que importa Apesar de proporcionar uma leitura f cil, n o d ao leitor nada para posterior reflex o Felizmente, n o o caso de Agosto.Temos um personagem principal com falhas de car cter enormes, mas aceitamos os defeitos pelo seu impulso implac vel na resolu o do caso Aqui, Alberto Mattos o comiss rio obstinado, doente, honesto e justiceiro Dividido pela hist ria pol tica d [...]

    3. Estava cada vez mais cansado O est mago come ou a doer e ele mastigou dois comprimidos de Pepsamar Foi ao banheiro Suas fezes estavam escuras O m dico falara em apar ncia de borra de caf N o havia papel higi nico no banheiro do distrito Mas o comiss rio levara um jornal, cheio de not cias importantes sobre o Brasil e o mundo N o era a primeira vez que ele se limpava com jornal Sua juventude fora muito pobre Apenas evitou se limpar com a fotografia de algu m Um escr pulo que tinha desde crian a.

    4. Uma obra prima N o me lembro de outro livro escrito em portugu s, nos ltimos trinta anos, que tenha o alcance, a profundidade, a complexidade, o rigor, a modernidade, e ao mesmo tempo o brilhantismo da escrita, desta obra de Rubem Fonseca Devia ser obrigat rio E para al m de tudo o mais, compulsivo e ironica e acidamente divertido.

    5. grande policial de um momento da Hist ria do Brasil, RB cria uma fic o de cortar a respira o grande personagem a do incorrupt vel e incompreendido comiss rio Mattos, com a sua tica, lcera, pera e paix es.

    6. What a great novel Hipocrates, mean, the backstage of Brazilian history It s ficcional but it could be true Fonseca s caracters are human than we can imagine because there are no heroes, no immaculated ones Everyone has a good and an evil side, as we do And he s not ashamed to show it off.Doesn t matter if you will like it or not It will hurt, it ll make you angry And because it s so real, you ll like it somehow.That s what Rubem Fonseca does to you.

    7. Nas primeiras p ginas, pensei que esse livro n o me desceria De uma s vez, o autor recapitula e contextualiza a intriga Get lio x Lacerda, apresenta um crime e insere diversos personagens Muita confus o pra uma noite de quarta feira.Fechei o livro e dormi.No dia seguinte, dei uma nova chance e recomecei, mas fiz uma pausa pra refrescar a mem ria sobre o contexto em que se deu o fim da era Vargas Obrigado Google e YouTube Voltei pro livro e o ritmo foi completamente diferente.Alberto Mattos me pr [...]

    8. Um dos desafios de se escrever um romance hist rico est em como deixar interessante uma narrativa de um per odo distante do leitor, como criar algum tipo de ponte, algum tipo de identifica o para que o leitor se prenda a narrativa hist rica por outros motivos al m do conhecimento de um outro per odo A pergunta que todo escritor de romance hist rico deveria fazer porque o leitor ler essa narrativa, se ele poderia ter as mesmas informa es em um livro de hist ria Uma das t cnicas para prender a ate [...]

    9. Este um dos livros que, ao terminar me perguntei por que dei tanto a l lo Excelente trama, uma recomposi o da poca magistral, o interlaceamento entre a fic o e a realidade perfeitos, um final amargo, v rias reviravoltas e muitas leituras poss veis O final amargo, longe de deixar o leitor triste, fica aberto para que a imagina o crie o destino das personagens Excelente

    10. Se Rubem Fonseca o nosso James Ellroy, esse Agosto o mais pr ximo que temos de uma Trilogia Submundo Embora esse aqui n o seja uma trilogia, a ideia similar capturar um momento pol tico social importante e transform lo n o apenas em fic o, mas em uma vis o particular dos acontecimentos o que chamamos de Romance Hist rico, a especialidade de Thomas Pynchon que adiciona n o apenas eventos, mas dimens es em sua vers o da hist ria mas isso papo para outro texto.Agosto justamente o que seu t tulo ent [...]

    11. Existe na escrita de Rubem Fonseca um lado negro, uma cr tica social que se torna intemporal O Brasil de todos os tempos retratado num ritmo forte, em hist rias de mis ria humana que atravessam todas as classes sociais Uma lista intermin vel de personagens sem que o leitor se perca Vidas que se entrecruzam, como se o Brasil fosse um espa o ex guo, como aquelas celas da delegacia que Mattos insiste em ir esvaziando Talvez o seu erro tenha sido o de julgar encontrar na lei os limites para uma soci [...]

    12. Complexo, denso e conturbado como a vida, e como os tempos que retrata Agosto de 1954, quando o Brasil est beira da guerra civil at que Get lio Vargas se suicide no Pal cio do Catete, pondo fim crise Rubem Fonseca , dos lus fonos n o portugueses, o escritor que mais admiro.

    13. O livro muito bom Toda a premissa muito interessante, a forma como a hist ria contada, misturando realidade e fic o muito legal O comiss rio Mattos um personagem carism tico, eu gostei muito dele e de ver a forma como ele lidava com todas as situa es que iam acontecendo As cenas de pol tica algumas vezes ficam um pouco massantes O meu maior problema foi o final As ltimas 100 p ginas foram muito dif ceis de terminar O livro ficou lento e tive que me esfor ar pra conseguir terminar No geral o livr [...]

    14. This political novel had it all to be a entertaining story, unfortunely it comes short on such expectations The intermixture of sub plots aswell the innumerable secundary characters can, for sometimes, be confusing The author glimpse of the 1950 s brasilian turnoil that culminated in Gert lio Vargas suicide is characterized in great detail revealing a exhastive historic research.

    15. A good meaty noir set in the last month of Getulio Vargas administration and life The hero, comissario Mattos, is a Philip Marlowe type, an idealist who nonetheless knows, and expects, the worst of man He s an opera lover who muses on the necessity of prostitutes and the nature of logic while he searches for the murderer of a cement executive and tries to decide which girlfriend to choose or allow to choose him despite being somewhat sour, he s somehow attractive to many women Adding to the narr [...]

    16. Almost all of the very positive reviews of this book on are by Brazilian readers That explains my problem with this book I don t know much Brazilian history so the very important events of the 1950 s were a mystery to me Without knowing the history and the politicians I spent a lot of time trying to figure out who was on which side and never really mastered that Once I got beyond the historical figures, the story is universal a very good cop, Alberto Mattos, won t compromise his principles which [...]

    17. For people who want to read a great crime noir fiction story and gain at least a loose grasp about the brazilian political climate in the early 1950 s, this is the book for you The story revolves around a police detective, troubled by his work, his love life and his political views, investigating a series of correlated crimes of homicide and corruption during one of the most conturbed times of Brazil s History the month preceding Get lio Vargas s suicide Rubem Fonseca, maybe the best portuguese [...]

    18. Rubem Fonseca s novel doesn t show the easy, relax and welcoming Brazil enjoyed by so many visitors The author had a distinguished career in the carioca police His story is punctuated by the stomach s pains suffered by inspector Mattos who is investigating a murder case linked to a corruption case Mattos, who has an ulcer, is a big fan of Italian opera and is also one of the few incorruptible cops in Rio, still the Brazilian capital city at the time travelreadings 2015 04

    19. Interesante novela negra, el personaje del detective me encant muy bien elaborado, me gust la narrativa, esta muy bien escrito, muy cre bles los personajes, una denuncia muy fuerte a todos los pol ticos no importa de donde sean , hechos muy reales de como son los tejes y manejes me hizo que la parte pol tica un poco tediosa por no ser brasile a y no conocer a los personajes, que fueron muchos En conclusi n un buen libro de genero negro.

    20. Uno acaba desolado cuando termina de leer la ltima p gina de esta novela Todo est tan corrupto y sucio en esta ficci n, donde incluso el ltimo atisbo de luz y esperanza es oscurecido sin pena ni gloria Con ecos de Conversaci n en la Catedral este thriller pol tico nos muestra un Brasil nada festivo Recomendad simo Ac mi reser a completa unperroromantico

    21. Li porque tinha ouvido falar dele na poca da faculdade, a fiquei com o t tulo na cabe a, e quis ler para saber do que os professores estavam falando Acabei demorando tempo demais para ler Acho que n o gostei porque n o tenho conhecimento sobre os eventos O livro n o foi escrito para algu m da minha gera o.

    22. O estilo do autor nunca me atraiu muito, acho que ele exagera na descri o do submundo, os personagens s o muito estereotipados, quase caricaturas Mas o ponto positivo desse livro a contextualiza o de um momento pol tico relevante do pa s, aprendi mais sobre a era Vargas e o famoso atentado ao l lo que nos bancos da escola.

    23. Gostei bastante Personagens carism ticos, aquela sensa o de querer saber o que vai acontecer, al m de inserir a trama no contexto hist rico nacional.

    24. Foi um dia ameno, de sol noite a temperatura caiu um pouco A m xima foi de 30,6 e a m nima 17,2 Ventos de sul a leste, moderados.

    25. Superb I m only sorry for not knowing of the brasilian recent or ancient History I feel like I ve missed something.

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *